Qualidade de Vida

A Pele da Alma- Marisa Salles 04/03/2016

20150713075958-1

Estou fazendo minha estréia no site da Dra. Glaucia. Um privilégio duplo, primeiro porque ela é uma dermatologista comprometida com o bem estar físico e psicológico de seus pacientes, coisa rara hoje em dia. Segundo porque é minha irmã caçula, da qual me orgulho muitíssimo.

Desde a ideia do site fiquei pensando num tema que acrescentasse aos leitores alguma informação ou algo que provocasse uma reflexão.

Quero então pensar junto a vocês sobre a “alma”. Não a alma do ponto de vista da religião, mas numa alma metafórica.

Gosto demais da música da Zélia Duncan “Alma”

Ouça a musica, entre no clima…curta!

http://youtu.be/CYmXCkkzffY

A letra:

Alma! Alma! Alma!

Alma
Deixa eu ver sua alma
A epiderme da alma
Superfície!
Alma
Deixa eu tocar sua alma
Com a superfície da palma
Da minha mão
Superfície!

Easy! Fique bem easy
Fique sem, nem razão
Da superfície!
Livre! Fique sim, livre
Fique bem, com razão ou não
Aterrize!

Alma!
Isso do medo se acalma
Isso de sede se aplaca
Todo pesar não existe
Alma!
Como um reflexo na água
Sobre a última camada
Que fica na
Superfície

Crise!
Já acabou, livre
Já passou o meu temor
Do seu medo sem motivo
Riso de manhã, riso
De neném a água já molhou
A superfície!

Alma!
Daqui do lado de fora
Nenhuma forma de trauma
Sobrevive
Abra a sua válvula agora
A sua cápsula alma
Flutua na
Superfície

Lisa, que me alisa
Seu suor, o sal que sai do sol
Da superfície
Simples, devagar, simples
Bem de leve
A alma já pousou
Na superfície

Alma!
Daqui do lado de fora
Nenhuma forma de trauma
Sobrevive
Abra a sua válvula agora
A sua cápsula alma
Flutua na
Superfície!

Lisa, que me alisa
Seu suor, o sal que sai do sol
Da superfície
Simples, devagar, simples
Bem de leve
A alma já pousou
Na superfície

Alma!
Deixa eu ver sua alma
A epiderme da alma
Superfície
Alma!
Deixa eu tocar sua alma
Com a superfície da palma
Da minha mão
Superfície!

Alma!
Deixa eu ver!
Deixa eu tocar!
Alma! Alma!
Deixa eu ver!
Deixa eu tocar!
Alma! Alma!
Superfície
Alma! Alma!
Alma!

A ideia de alma como epiderme acho uma bela metáfora.

O que é afinal epiderme?

A PARTE MAIS SUPERFICIAL DA PELE.

Vamos imaginar então a alma como um estar à flor da pele, sensível ao toque. Puxa, trouxe a alma pra bem pertinho de mim, posso senti-la. James Hillman, um jornalista que virou analista, fala de uma psicologia de fazer alma. Para ele, a alma nos permite um “olhar poético sobre o mundo”…Volto à musica, com o olhar poético da alma: … fique sim, livre fique bem, com razão ou não aterrize…

Tudo que toca a alma é fundamental para dar sentido e beleza à vida. Falamos de almas gêmeas, do horror de uma pessoa “sem alma” como sendo uma pessoa fria, talvez até psicopata. Mas como tratamos nossa alma? Como a alimentamos? Como diz a música: deixa eu ver sua alma, deixa eu tocar sua alma com a palma da minha mão. Ou seja, deixa eu te tocar… e sinta todo o prazer deste toque e troque comigo, vamos “sentir” esta delícia do toque, da troca, alimento pra alma. A música tenta nos convencer que é easy, ou seja, é fácil. Deixa tocar sua alma… Se você me deixar te tocar, posso até sentir medo,mas vou acabar me sentindo livre… Cuidamos da nossa aparência, passamos cremes, fazemos botox para nos sentirmos mais jovens, mais bonitos. Temos medo de envelhecer. Mas como cuidamos de algo tão subjetivo como a alma? A música repete e repete, deixa tocar sua alma com a palma da minha mão…é Easy. É fácil, você vai se sentir “livre”. A música vai mais longe e diz: aqui do lado de fora nenhum tipo de trauma sobrevive. Pra não vivermos num mundo sem alma e moribundo não temos muita saída, vamos ter que cuidar da epiderme da alma. E o cuidado está na troca, no olho no olho, na sutil beleza da “alma”. Se mostre, flutue … Seu temor vai passar, seu medo também, se vc deixar que eu toque sua alma com a palma da minha mão. Queridos é easy, é easy!

Marisa Salles é psicóloga a muuuito tempo. Atua em consultório como analista com enfoque Junguiano e descobriu nos estudos sobre psicologia Arquetipica de James Hillman, a possibilidade de uma psicologia mais humana e profunda. Uma terapia de fazer alma. Taí uma metáfora belíssima.

 

Exercício e Rejuvenescimento- Dra Glaucia Salles 17/02/2016

Aged Person Practicing Extreme Sport Elderly Male Climber Makes Hard Move and Looking High Up on Outdoor Climbing Wall Sport Competitions Very Emotional Face Belaying Partner Staying on Remote Ground

A Rádio RFI -As vozes do mundo, publica um estudo do Prof Mark Tarnopolsky da Universidade Canadense  Mc Master, sobre a relação entre a prática do exercício físico e o rejuvenescimento da pele em idosos.

  Se trata de apenas um dos inúmeros estudos realizados pelo Professor canadense, que tem o tema como prioritário em sua vida científica.

  Vale a pena acompanhar o trabalho deste cientista e de outros estudiosos do tema já que cada dia aumentamos nossa expectativa de vida e com isso a urgente importância em investir na qualidade dela.

Texto na integra

Um cientista canadense afirma que a prática de exercícios físicos por pessoas idosas pode ter efeitos diretos no combate ao envelhecimento da pele. De acordo com o estudo, três horas de atividades esportivas por semana seriam suficientes para ajudar a rejuvenescer. A descoberta foi apresentada durante um congresso da Sociedade americana de medicina esportiva.

Já se falou muito dos benefícios preventivos das atividades esportivas para o corpo humano. Várias pesquisas provaram que exercícios constantes ajudam a proteger o organismo de doenças cardiovasculares, diabetes, demência, depressão e até câncer. Mas os resultados das pesquisas do professor Mark Tarnopolsky, da universidade de canadense McMaster, apresentados este mês em Nova Orleans, durante o 23° congresso anual da Sociedade Americana de Medicina Esportiva (AMSSM, na sigla em inglês), devem levar muita gente para a academia de ginástica. Segundo o cientista, três horas de atividades esportivas semanais teriam um resultado rejuvenescedor visível na pele de pessoas idosas.

Após ter feito uma série de testes em ratos, o professor analisou a evolução da pele de homens e mulheres, com idades entre 20 e 84 anos. A coleta de uma amostra de tecido das nádegas (parte do corpo menos exposta aos raios solares) provou que os efeitos do envelhecimento eram bem menores entre as pessoas idosas que praticavam esportes regularmente.

Com a idade, a epiderme (primeira camada externa) vai ficando mais seca e grossa, enquanto a derme (segunda camada) fica mais fina e perde elasticidade. Mas entre os mais idosos adeptos da prática de exercícios físicos, a pele analisada parecia ser bem mais jovem que a idade real. “Era difícil ver a diferença entre um indivíduo de 80 anos e um de 40”, declarou o professor Tarnopolsky à imprensa francesa.

Mas o cientista lembra que não há nenhuma formula mágica. Além dos exercícios físicos, alguns cuidados básicos não devem ser esquecidos para quem quer ter uma pele com aspecto jovem por muito tempo. Evitar o tabaco e a exposição aos raios solares, que aceleram o envelhecimento cutâneo, são os primeiras precauções da lista.

Não há idade para começar

O estudo também mostrou que os resultados positivos podiam ser sentidos mesmo em quem passou a praticar exercícios físicos recentemente. O que mostra quem não há idade limite para começar, como lembra o professor de Educação Física Luiz Lo Sardo, de São Paulo. “Primeiro é preciso dar consciência corporal para a pessoa e o processo pode ser um pouco mais lento. Eu tenho uma aluna de 75 anos que não fazia nenhum tipo de atividade esportiva, estava perdendo o equilíbrio e já não conseguia mais andar direito. Hoje, um ano depois, ela já tem mais força e vigor e não sofre mais quedas”, relata.

Mas além dos benefícios para o corpo, a prática de esportes entre as pessoas mais idosas também pode ter efeitos positivos mentais. A psicóloga Sâmia Hallage, que trabalha com atletas em várias modalidades e que acompanha a seleção brasileira de vôlei de praia, ressalta que “além da parte física, emocionalmente falando, o mais importante é a questão da melhora da autoestima da socialização”.

Fonte

Exercício e Rejuvenescimento- Dra Glaucia Salles 17/02/2016

Aged Person Practicing Extreme Sport Elderly Male Climber Makes Hard Move and Looking High Up on Outdoor Climbing Wall Sport Competitions Very Emotional Face Belaying Partner Staying on Remote Ground

A Rádio RFI -As vozes do mundo, publica um estudo do Prof Mark Tarnopolsky da Universidade Canadense  Mc Master, sobre a relação entre a prática do exercício físico e o rejuvenescimento da pele em idosos.

  Se trata de apenas um dos inúmeros estudos realizados pelo Professor canadense, que tem o tema como prioritário em sua vida científica.

  Vale a pena acompanhar o trabalho deste cientista e de outros estudiosos do tema já que cada dia aumentamos nossa expectativa de vida e com isso a urgente importância em investir na qualidade dela.

Texto na integra

Um cientista canadense afirma que a prática de exercícios físicos por pessoas idosas pode ter efeitos diretos no combate ao envelhecimento da pele. De acordo com o estudo, três horas de atividades esportivas por semana seriam suficientes para ajudar a rejuvenescer. A descoberta foi apresentada durante um congresso da Sociedade americana de medicina esportiva.

Já se falou muito dos benefícios preventivos das atividades esportivas para o corpo humano. Várias pesquisas provaram que exercícios constantes ajudam a proteger o organismo de doenças cardiovasculares, diabetes, demência, depressão e até câncer. Mas os resultados das pesquisas do professor Mark Tarnopolsky, da universidade de canadense McMaster, apresentados este mês em Nova Orleans, durante o 23° congresso anual da Sociedade Americana de Medicina Esportiva (AMSSM, na sigla em inglês), devem levar muita gente para a academia de ginástica. Segundo o cientista, três horas de atividades esportivas semanais teriam um resultado rejuvenescedor visível na pele de pessoas idosas.

Após ter feito uma série de testes em ratos, o professor analisou a evolução da pele de homens e mulheres, com idades entre 20 e 84 anos. A coleta de uma amostra de tecido das nádegas (parte do corpo menos exposta aos raios solares) provou que os efeitos do envelhecimento eram bem menores entre as pessoas idosas que praticavam esportes regularmente.

Com a idade, a epiderme (primeira camada externa) vai ficando mais seca e grossa, enquanto a derme (segunda camada) fica mais fina e perde elasticidade. Mas entre os mais idosos adeptos da prática de exercícios físicos, a pele analisada parecia ser bem mais jovem que a idade real. “Era difícil ver a diferença entre um indivíduo de 80 anos e um de 40”, declarou o professor Tarnopolsky à imprensa francesa.

Mas o cientista lembra que não há nenhuma formula mágica. Além dos exercícios físicos, alguns cuidados básicos não devem ser esquecidos para quem quer ter uma pele com aspecto jovem por muito tempo. Evitar o tabaco e a exposição aos raios solares, que aceleram o envelhecimento cutâneo, são os primeiras precauções da lista.

Não há idade para começar

O estudo também mostrou que os resultados positivos podiam ser sentidos mesmo em quem passou a praticar exercícios físicos recentemente. O que mostra quem não há idade limite para começar, como lembra o professor de Educação Física Luiz Lo Sardo, de São Paulo. “Primeiro é preciso dar consciência corporal para a pessoa e o processo pode ser um pouco mais lento. Eu tenho uma aluna de 75 anos que não fazia nenhum tipo de atividade esportiva, estava perdendo o equilíbrio e já não conseguia mais andar direito. Hoje, um ano depois, ela já tem mais força e vigor e não sofre mais quedas”, relata.

Mas além dos benefícios para o corpo, a prática de esportes entre as pessoas mais idosas também pode ter efeitos positivos mentais. A psicóloga Sâmia Hallage, que trabalha com atletas em várias modalidades e que acompanha a seleção brasileira de vôlei de praia, ressalta que “além da parte física, emocionalmente falando, o mais importante é a questão da melhora da autoestima da socialização”.

Fonte

Exercício e Rejuvenescimento- Dra Glaucia Salles 17/02/2016

Aged Person Practicing Extreme Sport Elderly Male Climber Makes Hard Move and Looking High Up on Outdoor Climbing Wall Sport Competitions Very Emotional Face Belaying Partner Staying on Remote Ground

A Rádio RFI -As vozes do mundo, publica um estudo do Prof Mark Tarnopolsky da Universidade Canadense  Mc Master, sobre a relação entre a prática do exercício físico e o rejuvenescimento da pele em idosos.

  Se trata de apenas um dos inúmeros estudos realizados pelo Professor canadense, que tem o tema como prioritário em sua vida científica.

  Vale a pena acompanhar o trabalho deste cientista e de outros estudiosos do tema já que cada dia aumentamos nossa expectativa de vida e com isso a urgente importância em investir na qualidade dela.

Texto na integra

Um cientista canadense afirma que a prática de exercícios físicos por pessoas idosas pode ter efeitos diretos no combate ao envelhecimento da pele. De acordo com o estudo, três horas de atividades esportivas por semana seriam suficientes para ajudar a rejuvenescer. A descoberta foi apresentada durante um congresso da Sociedade americana de medicina esportiva.

Já se falou muito dos benefícios preventivos das atividades esportivas para o corpo humano. Várias pesquisas provaram que exercícios constantes ajudam a proteger o organismo de doenças cardiovasculares, diabetes, demência, depressão e até câncer. Mas os resultados das pesquisas do professor Mark Tarnopolsky, da universidade de canadense McMaster, apresentados este mês em Nova Orleans, durante o 23° congresso anual da Sociedade Americana de Medicina Esportiva (AMSSM, na sigla em inglês), devem levar muita gente para a academia de ginástica. Segundo o cientista, três horas de atividades esportivas semanais teriam um resultado rejuvenescedor visível na pele de pessoas idosas.

Após ter feito uma série de testes em ratos, o professor analisou a evolução da pele de homens e mulheres, com idades entre 20 e 84 anos. A coleta de uma amostra de tecido das nádegas (parte do corpo menos exposta aos raios solares) provou que os efeitos do envelhecimento eram bem menores entre as pessoas idosas que praticavam esportes regularmente.

Com a idade, a epiderme (primeira camada externa) vai ficando mais seca e grossa, enquanto a derme (segunda camada) fica mais fina e perde elasticidade. Mas entre os mais idosos adeptos da prática de exercícios físicos, a pele analisada parecia ser bem mais jovem que a idade real. “Era difícil ver a diferença entre um indivíduo de 80 anos e um de 40”, declarou o professor Tarnopolsky à imprensa francesa.

Mas o cientista lembra que não há nenhuma formula mágica. Além dos exercícios físicos, alguns cuidados básicos não devem ser esquecidos para quem quer ter uma pele com aspecto jovem por muito tempo. Evitar o tabaco e a exposição aos raios solares, que aceleram o envelhecimento cutâneo, são os primeiras precauções da lista.

Não há idade para começar

O estudo também mostrou que os resultados positivos podiam ser sentidos mesmo em quem passou a praticar exercícios físicos recentemente. O que mostra quem não há idade limite para começar, como lembra o professor de Educação Física Luiz Lo Sardo, de São Paulo. “Primeiro é preciso dar consciência corporal para a pessoa e o processo pode ser um pouco mais lento. Eu tenho uma aluna de 75 anos que não fazia nenhum tipo de atividade esportiva, estava perdendo o equilíbrio e já não conseguia mais andar direito. Hoje, um ano depois, ela já tem mais força e vigor e não sofre mais quedas”, relata.

Mas além dos benefícios para o corpo, a prática de esportes entre as pessoas mais idosas também pode ter efeitos positivos mentais. A psicóloga Sâmia Hallage, que trabalha com atletas em várias modalidades e que acompanha a seleção brasileira de vôlei de praia, ressalta que “além da parte física, emocionalmente falando, o mais importante é a questão da melhora da autoestima da socialização”.

Fonte

Novembro Azul: a prevenção é o melhor remédio

Hoje vamos falar sobre um tema bastante delicado e que, só esse ano, afetou em média 60.000 homens no Brasil: o câncer de próstata.

Para conhecer melhor essa doença, aqui vão alguns dados importantes:
– Todos os homens estão suscetíveis a desenvolver câncer de próstata
– Quem tem mais de 45 anos deve fazer os exames uma vez por ano; aqueles que já tem casos da doença na família, devem começar a partir dos 40
– Se detectado no início, o câncer tem grandes chances de cura

Infelizmente muitos homens, por puro preconceito, fogem do urologista e quando descobrem a doença, ela já está num estado muito avançado.
Por isso, queremos que você pare um pouco e faça uma reflexão: será que vale a pena arriscar sua vida por preconceito em relação ao exame de toque ou medo de saber o resultado do exame de sangue?

Não deixe de procurar seu médico de confiança. Ele pode te orientar quais exames são mais apropriados para sua idade e histórico familiar. Previna-se!
Bom final de semana!
Bigode

Aprenda a evitar as assaduras

Pele vermelha, descamando, coceira e ardor em região de dobras como virilha e axilas… esses sintomas são comuns nas assaduras e engana-se quem pensa que só os bebês sofrem com esse incômodo. Elas também podem aparecer nos adultos e as razões são diversas: obesidade , suor excessivo e até má higiene são situações que podem promover o desenvolvimento  deste problema.

Para aprender como se prevenir, é importante saber que existem dois tipos de assaduras: as por alergias de contato e as causadas por fungos. No primeiro caso, você nota que a pele fica um pouco vermelha, eventualmente com uns pontos mais inchados, descamação e com coceira não muito importante. Já no segundo, além de deixar a pele avermelhada, ela também fica com as bordas bem definidas e mais inchadas que o centro da lesão, úmida e com aquela coceira beeem chata.

Para prevenir, existem algumas coisas simples que você pode fazer, como por exemplo: usar roupas de tecido natural, manter a pele sempre bem arejada, combater o sobrepeso e beber bastante água são algumas atitudes que te protegem das terríveis assaduras.

Agora, se mesmo com todos esses cuidados elas insistirem em aparecer, nem pense duas vezes e consulte um dermatologista. Somente ele pode estabelecer o diagnóstico e causas além de indicar o melhor tratamento

Compartilhe essas informações com os amigos e até a próxima!coceira

Você sofre de hiperidrose e talvez nem saiba

Se você sente que transpira mais do que as outras pessoas e suas mãos ficam úmidas, frias e escorregadias então é bem provável que sofra de hiperidrose, ou suor excessivo.

Existem dois tipos de hiperidrose. A primária e a secundária. A primária é quando o suor excessivo não é causado por nenhum fator externo ou interno conhecido. Nesses casos, é provável que a causa seja emocional. Já a secundária, pode ser resultado e alguma doença ou uso de medicamentos.

O suor excessivo pode aparecer em um local específico do corpo ou ser generalizado. E mexe muito com a auto estima de quem sofre com esse problema.

Se o seu caso for uma hiperidrose mais leve, ela é facilmente “disfarçada” com o uso de desodorantes que contenham maior concentração de ingredientes ativos. No entanto, se o seu caso é mais avançado, o melhor a fazer é procurar um dermatologista para que ele te indique qual o tratamento a ser seguido.

Lembre-se: a hiperidrose não é grave, mas merece uma atenção especial.hiperidrose1

Cuidado com a dengue!

O verão chegou e é nessa época do ano que ligamos o alerta vermelho em relação ao mosquito Aedes Aegypti. Além da dengue, ele também transmite doenças como a febre Chikungunya e o vírus da Zika. Todo ano a tv e outros meios de comunicação explicam incansavelmente como se proteger desses perigos. Mas reforçar essas dicas nunca é demais, certo?
– Cuidado com a água que fica parada em lugares como pneus, pratinhos de plantas e até atrás da geladeira. Esse é o cenário ideal para que o mosquito deposite seus ovos. Não se esqueça que os potes de água dos pets também podem ser criadouros de mosquitos. Troque-a frequentemente
– Mantenha garrafas vazias e baldes virados para baixo e cubra também piscina e a caixa d’água
– Não acumule lixo ou entulho no quintal e na frente de casa. Mantenha o ambiente sempre limpo e as janelas com telas de proteção
– Existem repelentes que são capazes de te proteger das picadas do mosquito. Consulte seu médico para que ele possa indicar qual o melhor e confira também o “Você sabia” sobre repelentes aqui no site.

Compartilhe essas dicas com todos os seus amigos e bom fim de semana.Dengue

Acne x Alimentação

Sofre com pele oleosa e seu rosto está sempre cheio de acne? Pois saiba que existem alguns estudos que afirmam que isso pode ter relação com aquilo que você coloca no prato. Sim, o surgimento dessas temíveis bolinhas vermelhas pode ter a ver com o que você come!

Primeiro, vamos falar um pouco sobre a acne. Ela pode estar relacionada a várias causas, inclusive hormonais. Mas, independente dela, sempre ocorre quando há um aumento da produção de sebo nas chamadas glândulas sebáceas. Alguns desses estudos afirmam que certos alimentos podem intervir nessa produção; não por serem “gordurosos” mas por terem influência hormonal.

Portanto, se você tem o rosto com muita acne, aqui vão alguns alimentos que devem ser evitados ou consumidos em menor quantidade:
– Leite e derivados (DICA: os desnatados são ainda piores que os integrais)
– Doces como balas, chocolate, bolachas entre outros
– Carne vermelha

Calma! Não precisa se desesperar, achando que não vai poder comer nada. A boa notícia é que existem itens que você pode consumir sem medo e até ajudam no processo de “cura”, já que possuem ação anti-inflamatória. São eles: peixes, frutas e verduras de cores amarela e laranja e claro, muuuuita água, para deixar a pele sempre bem hidratada. Portanto, na próxima refeição, já sabe o que comer, certo? Compartilhe essas dicas com os seus amigos e até a próxima.
comida-saudavel-garfo-e-prato

O sol e a vitamina D

vitamina_D-salud-sol-suplementos_vitaminicos_EDIIMA20160323_0504_3
Quando se trata de sol, as opiniões são diversas. Alguns dizem que é essencial para nossa vida, pois é ele quem estimula a vitamina D. Outros atacam o “astro rei”, com o argumento de que sua luz pode ser muito prejudicial para nossa pele.

Mas então doutora… em quem acreditar?
Bem, como tudo na vida, a palavra chave aqui é parcimônia. É verdade que o sol traz vários benefícios e a vitamina D então, nem se fala. Afinal, é ela que fortalece nossos ossos, aumenta a quantidade de cálcio e fósforo no sangue e evita uma osteoporose no futuro.
No entanto, em excesso, os raios solares podem causar queimaduras, insolação e até mesmo desenvolver um câncer de pele. ” Poucos minutos de sol ao dia são suficientes para estimular a vit D e não causará grandes danos à pele”

Então, para você poder aproveitar da melhor maneira os benefícios do sol, exponha-se no máximo 3x por semana entre 10:00 e 16:00. É nesse horário que a quantidade de raios UVB (que estimula a vitamina D no corpo) é maior. Mas não se esqueça: o tempo de exposição deve ser de no máximo 20 minutos. E em relação ao filtro solar, ele não precisa ser aplicado no rosto, mãos e braços. Dessa maneira, o estímulo da vitamina D será maior.

Até a próxima.

5 razões para você começar a beber água

file-92377221

O conselho é antigo: beber água faz bem pra saúde! Mas se você é do time dos que “não tem o costume”, esquece ou não gosta, então vamos te dar 5 (ótimas) razões para você mudar sua mentalidade:

1 – A água “emagrece”
O lugar da água é dentro das células do nosso corpo para que ele trabalhe da maneira que deveria. Afinal, todos os nossos órgãos dependem da hidratação que ela proporciona.
Mas como isso influencia no nosso peso?
Em quantidades adequadas, a água faz com que os rins atuem de maneira a eliminar tudo o que está em excesso no organismo e controlando a tal da retenção líquida. Consequência disso: diminuição de peso.

2- A água faz crescer os músculos
Não adianta ir na academia e passar horas puxando ferro se você não ingerir nem uma gota de água. Ela é fundamental no controle da contração e relaxamento muscular e consequentemente na hipertrofia muscular, que é o que te faz ficar “monstrão”.

3- A água deixa nossa pele mais bonita
Você pode frequentar o dermatologista, usar mil cremes diferentes e investir em tratamentos ultramodernos, mas se você não bebe água, tudo isso acaba sendo em vão. Ela é a responsável por hidratar nossa pele, deixando-a sempre com aspecto brilhante e lisa.

4- A água controla sua fome
Exatamente isso que você leu! Sabe aquela sensação de estômago vazio que aparece de vez em quando? Pode ser ocasionado por desidratação. Faça o teste: achou que está com fome? Beba uma garrafinha de água.

5- A água mata a sede
É clichê, mas é verdade: mesmo que você beba um litro de refrigerante, só a água pode te dar aquela sensação de estar se hidratando e refrescando de verdade.

Não tem contraindicação, não tem calorias, não tem malefício. Então não espere mais e coloque aí na sua lista de resoluções para 2017: beber mais água.
Compartilhe com os seus amigos e até a próxima.

Aprenda a evitar as frieiras
feet walking on timber deck

feet walking on timber deck

Verão, praia, piscina, calor e você com vergonha de ficar de chinelo porque resolveu surgir uma frieira entre os dedos do seu pé. Relaxa, pelo menos 80% das pessoas já passaram por isso uma vez na vida. A frieira nada mais é do que uma infecção causada por fungos e que pode aparecer nos pés e nas mãos (entre os dedos), virilha e até nas unhas.

Os sintomas variam de coceira, pele avermelhada, sensação de queimadura e descamação da pele e o tratamento é super simples, feito com pomadas antifúngicas.

Mesmo assim, é bom saber algumas dicas para poder prevenir esse incômodo e curtir o verão numa boa, né?
– Deixe seus sapatos fechados respirarem com frequência e use meias secas. Os fungos adoram uma umidade
– Não se esqueça de secar com a toalha entre os dedos dos pés depois de sair do banho
– Use sempre chilenos em espaços públicos como vestiários, chuveiros e saunas.

Conhece alguém que está com esse probleminha? Então compartilhe esse post e até a próxima.

Exagerei no sol. E agora?

5-soluções-naturais-para-manchas-e-queimaduras-de-sol-
Verão, sol, piscina, praia… curtir essa época do ano é uma delícia, né? Mas mesmo com todo mundo na sua orelha falando pra tomar cuidado com o sol, as vezes acontece de passar um pouco do limite. Não precisa se preocupar! Veja algumas dicas que você pode seguir para que sua pele se regenere mais rapidamente:
– Esqueça o banho quente. Sua pele já está muito sensível, portanto ela precisa de uma ducha de água fria. Alivia a sensação de queimação e evitar que ela fique ainda mais ressecada.

– Hidratação, hidratação e hidratação. Sua pobre pele já foi muito castigada e o que ela mais precisa nesse momento é de cremes. Portanto, depois do banho gelado – como já comentamos lá em cima – capriche em loções pós sol. Cremes com óleos essenciais auxiliam nesse processo.

– Usar spray de água termal durante a exposição ao sol, além de refrescar também ajuda na hidratação da pele. Existem várias marcas disponíveis no mercado.

– Sabe aquela vontade quase que incontrolável de puxar a “pelinha” que começou a soltar? Não mexa nela! Deixe que a pele cicatrize sozinha e a seu tempo. Não é preciso tentar acelerar o processo, ok?

– Esqueça roupas muito apertadas e de cores escuras, pelo menos por enquanto e hidrate-se com bastante água, frutas e água de côco. Vale também fazer compressas de camomila para aliviar o ardor. Evite também nova exposição ao sol. Se ela for inevitável, use camiseta, chapéu (ou boné) e claro, muito protetor solar, mesmo que seja pra ficar debaixo do guarda sol, ok?

Agora, se mesmo depois de tudo você continuar sentindo dores, procure seu dermatologista para que ele te recomende o melhor tratamento.

Até a próxima.

Dicas fáceis para curar a ressaca

alimentos-ressaca-1-160939535
Falta só uma semana para o carnaval, mas os bloquinhos já estão acontecendo desde Janeiro por São Paulo e em outras partes do país. E se você curte uma folia, então com certeza já acordou com aquela sensação de enjoo, uma sede sem fim, dor de cabeça… é, a ressaca é algo bem horrível. Pior que toda vez é aquela velha promessa: nunca mais exagero assim na bebida!

Hoje vamos te dar algumas dicas pra que esse mal estar passe mais rápido e você se sentir novinho em folha:
– Nada de querer emendar uma festa na outra. O dia pós bebedeira, aquele mesmo que mal dá pra levantar da cama, deve ser de descanso. Tome um banho gelado e bastante água, afinal o álcool desidrata o corpo

– Seu estômago sofreu muito na noite anterior, que tal cuidá-lo com carinho? Evite comidas muito pesadas e nem pense em ingerir qualquer bebida alcoólica. Essa história de que a ressaca se cura com outra bebedeira, é balela ok?

– Se você é viciado em café, fique longe da bebida, pelo menos por um dia. Ele é um estimulante poderoso e tudo o que seu corpo menos precisa agora é de algo assim. Bebidas isotônicas são boa opção para repor as energias.

E lembre-se sempre: tudo o que é em excesso faz mal, inclusive o álcool.

Compartilhe essas dicas e até a próxima.

Conheça um pouco sobre o albinismo

2a45bc5b4d4ded4088dfa0ad6c14e394
Andando pela rua ou de transporte público você já deve ter visto alguém beeem branquinho, de cabelo loiro, cílios e sobrancelhas clarinhos e olhos igualmente claros. Essas pessoas são albinas e hoje vamos contar pra você um pouco sobre o que é o albinismo.

A cor dos nossos olhos, cabelos e pele é determinada pela quantidade de melanina que o corpo é capaz de produzir. O albinismo nada mais é do que uma mutação genética que pode resultar na ausência total ou parcial dela, melanina.

Os sintomas do albinismo se dividem entre a pele, cabelo e cor dos olhos.
A pele de um albino pode variar do branco ao marrom. Já o cabelo também tem suas variações de cores, passando de tons muito brancos até o castanho, dependendo da quantidade de melanina que o indivíduo possui. Já os olhos ficam entre azul muito claro e castanho.

Frequentemente, os albinos possuem problemas de visão que variam de estrabismo, fotofobia, miopia, astigmatismo, visão turva e em casos mais extremos, cegueira.

A pessoa albina deve se proteger durante o ano todo passando bloqueador solar a cada duas horas, usando chapéus, óculos escuros e usando roupas com tecidos que tenham trama bem fechada. Além de claro, visitas regulares ao oftalmo e também ao dermatologista.
Até a próxima.

Sobre a dança, vida e amores

112f5a33a8163f3c254ac49f62d0a9ee_XL

“Dançar é sentir. Sentir é sofrer. Sofrer é amar.
Tu amas sofres e sentes. Dança!”
(Isadora Duncan)

Olá pessoal, quanto tempo!
Acho meio boring este negócio de dia das mães, dos pais, das mulheres… Mas não podemos negar que estamos vivendo uma retomada do movimento feminista. E vem chegando com uma força enorme, de âmbito mundial. Voltamos a discutir nosso lugar no mundo, a maneira que estamos vivendo e como enxergamos as coisas. Em contrapartida, vira e mexe parece que voltamos 10 casas quando vemos a criação de vagões somente para nós, mulheres, no intuito de evitar possíveis abusos sexuais.

Um tempo atrás escrevi sobre uma mulher incrível chamada Isadora Duncan. Propus uma leitura poética a seu respeito, e percebi que a melhor maneira de falar sobre as coisas é através dela mesma, a poesia. Começo então com uma frase dessa grande dançarina. Minha intenção é provocar uma profunda reflexão em todos vocês que estão lendo esse texto.
Isadora Duncan era visionária, acreditava em movimentos espontâneos e soltos. Movia-se com tanta delicadeza, parecia uma borboleta. Tirou tudo aquilo que atrapalhava seus movimentos e nasceu assim a tal dança moderna. Corajosa, casou, descasou, criou seus filhos sozinha e morreu de forma trágica. Enforcada no próprio cachecol de seda pura.

Gosto de pensar que a vida é um grande improviso. Uma mistura de dança, tragédia, tal qual a história da Isadora. Não consigo pensar na vida como uma coisa orgânica, do tipo durmo, acordo, almoço trabalho faço sexo de vez em quando, pego trânsito volto para casa e durmo porque estou morta de cansaço. E no dia seguinte fazer tudo de novo, resumindo a sua existência a um círculo vicioso e sem graça.
Meu poeta favorito Manoel Barros, dono das maiores desconstruções de palavras dizia que “a maior riqueza do homem é a sua incompletude. Nesse ponto sou abastado. Palavras que me aceitam como sou – eu não aceito. Não aguento ser apenas um sujeito que abre portas, que puxa válvulas, que olha o relógio, que compra pão às 6 horas da tarde, que vai lá fora, que aponta lápis, que vê a uva etc. etc. Perdoai, mas eu preciso ser Outros. Eu penso renovar o homem usando borboletas.”

Você ama, sofre e sente… então dance! Se o ciclo é este, dê a cara a tapa, não tenha medo de viver intensamente e terminar num grande salto de dança. Vivemos tempos estranhos, com receio de se sentir deprimido ou ficar triste. Procuramos soluções em remédios e psiquiatras para nos tirar da dor.
Não se pode viver uma vida bem vivida se não tivermos todos os ingredientes que escrevi lá em cima. Somos seres humanos, uma mistura de angústia, sofrimento e crescimento. Caso contrário, vamos resumir a nossa existência somente a abrir a porta, comprar pão as 6 da tarde, apontar lápis…
O melhor mesmo é se reinventar a cada dia e morrer enforcado com um lindo cachecol de seda pura.

(Marisa Salles)

Sim, expor a pele com limão ao sol pode manchá-la.

523

Não é “lenda urbana” nem mentira que os seus pais te contavam quando era pequeno. Quando você sai no sol com limão na pele, ela fica manchada.
Isso acontece porque o suco ácido da fruta, ao entrar em contato com os raios solares, causa uma reação alérgica parecida a uma queimadura. E ela deve ser tratada imediatamente!

Portanto, antes de sair fazendo aquela máscara facial caseira que a sua amiga te passou a receita, confira se não há nenhuma fruta do tipo laranja, tangerina ou o próprio limão.

Se descuidou e manchou? Compressas geladas com soro fisiológico aliviam o ardor, mas não tratam possíveis lesões. E já sabe: na dúvida, procure sempre o seu dermatologista de confiança e nada de se auto medicar, ok?

Coisas que você precisa saber sobre a Síndrome de Down

DSC9460-Cópia

Hoje, 21/03/2017 é o Dia Internacional da Síndrome de Down. E com o intuito de esclarecer algumas dúvidas e claro, acabar com o preconceito, listamos abaixo algumas coisas que você precisa saber sobre ela:

NÃO É DOENÇA
Ao contrário do que muita gente ainda pensa, a Síndrome de Down NÃO é doença. Ela acontece quando a pessoa nasce com 3 cópias do cromossomo 21 e não 2. Ou seja, a Síndrome de Down é ocorrência genética, não uma enfermidade, ok?

PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN TEM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL
É importante entender que: deficiência mental é totalmente diferente de deficiência intelectual. Ok?

A PESSOA NÃO É PORTADORA DA SÍNDROME
É importante entender a terminologia para quebrar paradigmas e enfrentar os preconceitos. Portanto, o mais adequado é dizer que a pessoa tem a deficiência.

OS DOWNS TÊM OPINIÃO
Afinal, eles são pessoas como eu e você. Que trabalham, estudam, comem, dormem, tem amigos, passeiam, namoram… não as trate como coitadinhas, limitadas. Estimule-as, converse com elas e principalmente, trate-as com respeito!

O preconceito vem da falta de conhecimento das pessoas. Portanto, compartilhe esse post com todos os seus amigos.

Nesse outono, não descuide da sua pele

shutterstock_183347192
A nova estação começou na semana passada e suas características mais marcantes são a baixa umidade do ar e um ventinho mais frio. Tudo isso influencia diretamente na saúde da nossa pele. Por isso, aí vão algumas dicas que vão te ajudar a deixá-la sempre hidratada.

Nessa época é quando tomamos banhos mais longos e quentes. Por isso, aí vai a primeira dica: chuveiradas de até 10 minutos e com água morna. Sobre os sabonetes: prefira os neutros ou os de bebê. Ressecam menos.

Não se esqueça da hidratação pós banho! Vale aplicar o creme na pele ainda úmida, para potencializar seu efeito. Produtos com ureia e manteiga de karité são ideias para serem usados nessa estação.

O rosto é um dos mais afetados pelo vento gelado, então nada de descuidá-lo. Faça uma limpeza usando apenas produtos específicos para a área e para o seu tipo de pele. Outra dica importante: jamais lave-o com água quente. E use filtro solar! Afinal, não é porque o verão acabou que você pode deixa-lo de lado.

Por último, tire proveito da estação para realizar tratamentos como peelings, depilação definitiva e cremes noturnos de rejuvenescimento.

Tem alguma dúvida sobre quais produtos usar? Consulte o seu dermatologista. Só ele pode indicar o que é ideal para você.
Até a próxima.

Cuide do seu cabelo

4

A queda de cabelo é mais comum do que se pensa. Por isso, os cuidados são tão importantes. Seja homem ou mulher, quem é que não gosta de ostentar fios saudáveis, bonitos e fortes?
Por isso, confira essas dicas:

– Preste atenção no que está comendo. Uma alimentação balanceada, rica em legumes, frutas e verduras ajuda a fortalecer sua raíz.

– Saiba que o ideal é nunca lavar os cabelos à noite. Mas se for inevitável, então separe uns minutinhos para secá-lo com o secador. Nada de deitar com os fios molhados.

– Água muito quente nem pensar! O ideal é que ela seja morna para não agredir o couro cabeludo.

– Lavá-lo todos os dias pode ser prejudicial para os fios, porém benéfico para o couro cabeludo. Experimente em dias alternados e use produtos específicos para o seu tipo de cabelo.

Agora, caso esteja passando por uma queda de cabelo mais “grave”, então consulte seu dermatologista de confiança. Só ele está capacitado para receitar o melhor tratamento para cada caso.

Compartilhe essas dicas com os seus amigos e até a próxima.

Depressão e a terapia

depressa-doenca
Olá queridos.
Hoje gostaria de conversar com vocês sobre um assunto que vem mobilizando diversos profissionais de saúde. Vamos falar sobre a depressão.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, 121 milhões de pessoas por todo o mundo sofrem desse mal. E o Brasil ocupa, veja bem, o primeiro lugar no ranking dos países emergentes.
Tem mais: em 2020, a depressão será a segunda maior causa de incapacitação no mundo.
Assustador, não?
Os estudos mostram que são vários os fatores que servem de gatilho para a depressão: grandes e pequenas perdas, momentos de crise (financeira ou social), separações e até mesmo uma pré-disposição fisiológica. Essa última, deve ser muito bem diagnosticada para que o tratamento e acompanhamento seja feito corretamente.

Resumidamente, é inegável que estamos todos sob uma pressão gigantesca.
No entanto, por mais desesperador que possa parecer, existem algumas saídas. Alimentar-se bem, praticar exercícios físicos, meditar e até mesmo procurar respostas em alguma religião.

No entanto, gostaria de puxar um pouco a sardinha para o meu lado.
A depressão é a possibilidade que a psique encontra de fazer a pessoa olhar para dentro de si mesma. Ou seja, “a doença como caminho”. E se olharmos através dessa perspectiva, podemos ver a depressão como uma tábua de salvação e não o fim da linha.
A psicoterapia possui diversas abordagens: psicanálise (Freud), análise Junguiana (Jung), terapia corporal, psicodrama, arteterapia entre outras. Todas elas ajudam no tratamento da depressão e o paciente deve escolher aquela que ele mais se identifica.

Portanto, a minha dica é: procure ajuda! Peça indicação a parentes e amigos, converse com conhecidos, peça ajuda. Saiba que você não está sozinho.

Abra seu coração para buscar conhecimento, amplie seus horizontes e faça uma viagem dentro de si mesmo.
A depressão, muitas vezes costuma ser a ponta de um iceberg, algo muito mais amplo e que está escondido nas profundezas do nosso inconsciente.
Tentei dar uma rápida pincelada sobre esse tema tão importante e espero ter ajudado.
Compartilhe com os seus amigos e ajude quem está nessa situação.
Até o próximo encontro.

Marisa Salles

Dicas para encarar o tempo seco

2623950398_73326a856e_o

O inverno é historicamente uma estação com poucas ocorrências de chuva. E isso pode ser um incômodo, principalmente para quem já tem problemas respiratórios. Por isso, hoje vamos dar algumas dicas que vão te ajudar a enfrentar esses dias secos.

Beba água:
A regra é clara: hidratar o corpo! Vale água mineral, água de coco, sucos e frutas naturais. Outra dica é evitar o consumo de fast food e comidas com muito sódio. Opte por uma alimentação mais leve.

Mantenha a casa sempre limpa:
Esse tempo seco é um prato cheio para o surgimento de ácaros e fungos, o que desencadeia doenças respiratórias. Então não se esqueça de deixar sua casa sempre limpa. Varra bem o chão, passe pano úmido, deixe a roupa de cama e os travesseiros tomando um pouco de sol…

Procure manter os ambientes sempre arejados:
Especialmente na hora do sono. Para garantir que o seu quarto esteja fresquinho, vale deixar um balde de água ou uma toalha úmida no ambiente.

Cuidado com a prática de atividades físicas:
Sim, mexer o corpo é bom e faz bem para a saúde. Mas com essa secura, o ideal é deixar os exercícios para o comecinho do dia ou no fim da tarde/a noite. Isso porque em horários de pico, o ar está ainda mais seco, o corpo se cansa com mais facilidade, os olhos ficam irritados e a garganta começa a ‘arranhar’.

Evite atividades ao ar livre e se possível, opte por aulas de hidroginástica ou natação. Exercícios aquáticos fazem bem e diminui a agressão causada pela poluição ao sistema respiratório.

Cuide da pele:
Claro que eu, como dermatologista, preciso tocar nesse tópico, né? Se você já usa hidratante corporal e facial normalmente, ótimo. Se ainda não tem esse hábito, então é hora de começar a se hidratar. Evite também banhos muito quentes e demorados e nunca, nunca esqueça do filtro solar.

Até a próxima.

Saiba quais são os alimentos que melhoram a saúde da pele

alimentacao-saudavel-no-verao-fina-forma-sucos-e-frutas

Comer é bom e todo mundo gosta. E quando aquilo que ingerimos faz bem para a nossa pele, então é melhor ainda.
Hoje vou falar um pouco sobre alguns alimentos que podem melhorar sua aparência. Vamos lá?

Morangos: quem está com a pele desidratada ou sensível pode investir em frutas vermelhas, como o morango. Por conter vitamina C, a pele fica revitalizada e tem sua elasticidade preservada.

Alho: você pode até torcer o nariz. Mas saiba que esse alimento é excelente para controlar a oleosidade da pele e acelerar a cicatrização. Meio dente por dia já é suficiente.

Tomate: sente que seus poros estão muito abertos? Então comece a incluir mais tomate na sua dieta. Ele é rico em antioxidantes que ajudam a reduzir o tamanho dos poros.

Peixe: pescados como sardinha e salmão são ricos em Ômega 3, que hidratam e aumentam a firmeza da pele. Vale experimentar

Cenoura: rica em vitamina E, a cenoura ajuda na formação de colágeno e elastina, que ajudam a manter a pele mais firme e com aspecto jovem.

Mamão: Além de ajudar para o bom funcionamento do intestino, a fruta possui bastante vitamina A, importante para a renovação das células. O resultado disso? Uma pele mais viçosa e aveludada.

Chocolate amargo: siiim, o chocolate pode ajudar na saúde da sua pele. Ele é rico em polifenóis e é antioxidante. Ou seja, ideal para combater o envelhecimento.
Mas tome cuidado com a quantidade ingerida. Não é para comer a barra toda, ok?

Lembrando que esses alimentos CONTRIBUEM para uma pele saudável e bonita, mas que só eles não fazem milagres. Por isso, não se esqueça de sempre passar protetor solar, beber bastante água e seguir as orientações do seu dermatologista.

Até a próxima.

O que é foliculite?

Hoje vamos falar um pouco sobre a foliculite, seus sintomas e tratamento.

O que é:
A foliculite nada mais é do que uma inflamação na raiz do pelo, causada por algum pelo encravado. Ela também pode ser uma infecção ocasionada por uma bactéria ou fungo.
Seu surgimento é muito comum em áreas como pernas, virilhas, braços e rosto (barba).

Sintomas:
Vermelhidão na pele, pequenas bolhas com pus parecidas às acnes, queimação e coceira. Esses são os sintomas mais comuns da foliculite.

Causas de surgimento:
Quem usa roupas muito apertadas, maquiagem em excesso ou tem o hábito de raspar os pelos com lâminas tem maiores chances de ter foliculite.

Tratamento:
O mais comum é lavar a área afetada com água e sabonete antisséptico. No entanto, é sempre bom frisar: sempre consulte antes o seu dermatologista de confiança. Só ele está capacitado para indicar os melhores procedimentos para o seu caso.

Até a próxima.

Hábitos que deixam sua pele mais oleosa

PELE-OLEOSA-RESSECADA

Às vezes, temos hábitos tão enraizados no nosso cotidiano, que não nos damos conta no quão prejudicial eles podem ser. Por isso hoje, quero falar sobre os erros mais comuns que ao invés de cuidar da nossa pele, deixam-na mais oleosa.

Lavar em excesso
Quando você lava o rosto muitas e muitas vezes, a oleosidade natural da pele (aquela que nos protege de agentes externos) se perde. O resultado disso é que seu corpo entende que precisa produzir mais sebo, causando assim o efeito rebote.
O ideal é lavar o rosto duas vezes ao dia: uma pela manhã e outra pela noite, usando sempre um produto específico para o seu tipo de pele.

Dormir maquiada
Quem é mulher já cansou de ouvir que não se pode dormir com nenhum tipo de maquiagem no rosto. Como ainda tem gente que não respeita essa ‘regrinha’, vamos repeti-la: lave o rosto antes de deitar! A maquiagem, por melhor que seja, obstrui os poros e estimula o aparecimento de espinhas. Converse com seu dermatologista para que ele possa indicar os melhores produtos.

Água quente
Pois é. Eu sei que no inverno fica difícil, mas opte sempre por uma temperatura mais amena. Quando a água está muito quente, os poros se abrem com mais facilidade, aumentando a oleosidade da pele.

Espremer espinhas
Já falei sobre isso uma vez aqui no site, mas é sempre bom lembrar. Quando você cutuca uma espinha, está abrindo a porta para várias bactérias e talvez até uma infecção. Use protetor solar e deixe que ela desinche naturalmente.

Usar produtos que não são adequados para você
Digo e repito: não vá na onda de amigos que te indicam produtos e tratamentos. Afinal, não é porque deu certo para eles, que vai dar certo para você. Antes de qualquer coisa, converse com um dermatologista de confiança. Faça os exames e consultas e só então saberá o que tem a ver com o seu tipo de pele.

Até a próxima.

Saiba quais são as doenças cardiovasculares mais comuns

Doenças-do-coração

Em 2014, a OMS (Organização Mundial da Saúde) fez um levantamento e constatou que as doenças do coração são as que mais matam ao redor do mundo. Só no Brasil, 300 mil pessoas morrem por ano.

Hoje vou listar as principais doenças e seus sintomas.

Infarto agudo no miocárdio
Acontece quando falta sangue e oxigênio no coração devido a obstrução da artéria coronária. Os principais sintomas são dor no peito, sudorese, falta de ar e mal-estar súbito. É muito importante buscar ajuda ao primeiro sintoma, pois cada minuto que passa o risco de morte aumenta em 10%.

Acidente Vascular Cerebral (AVC)
O AVC ocorre quando placas de gordura obstruem os vasos sanguíneos cerebrais, trazendo dor de cabeça intensa, tontura e paralisia de um dos braços, pernas e até do rosto.

Arritmia
Alteração no ritmo dos batimentos cardíacos, que podem ser mais rápidos (taquicardia) ou mais lentos (brandicardia). A arritmia pode ser motivada por um ataque cardíaco, artérias bloqueadas, hipertensão, diabetes, fumo, alcoolismo, estresse e outros.

Doença vascular periférica
O princípio dessa doença é quase a mesma do AVC: depósito de gordura com obstrução das artérias periféricas do corpo, ou seja, braços e pernas. Os principais sintomas são dores nos membros, dormência e queda de temperatura local.

Pessoalmente, eu acredito muito que a informação pode levar à prevenção. Então não deixe de compartilhar esse post com os seus amigos. E fique atento! Ao sinal do primeiro sintoma, procure ajuda urgente.

Até a próxima.

Atividades físicas que fazem bem ao seu coração

atividade-fisica2

Quando a gente fala em vida saudável, estamos falando de vários hábitos. Comer e dormir bem, evitar certos tipos de alimentos e temperos, ingerir bastante água e praticar alguma atividade física. Afinal, uma pessoa sedentária tem 40% mais chances de sofrer com alguma doença cardíaca.

E não precisa sair correndo para se matricular na primeira academia que aparecer. Abaixo, separei alguns exercícios supereficientes e que não pesam no seu bolso.

Corrida:
A modalidade melhora o condicionamento do coração e afasta o risco de doenças como colesterol alto e hipertensão. Tanto a corrida na esteira quanto a ao ar livre são eficientes da mesma maneira, o importante é se hidratar o tempo todo e usar roupas e sapatos adequados para a prática. Não se esqueça também de alongar todos os músculos, ok?

Caminhada:
É uma alternativa para você que tem joelhos sensíveis e não pode correr. As passadas reduzem a pressão arterial já logo na primeira hora. Além disso, fazem com que as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina e a oxigenação no corpo.
Quer mais? Caminhar também previne derrames e infartos.

Natação:
Caso você queira – e possa – pagar por uma academia, opte por exercícios dentro d’água. A natação, no caso, tem baixo impacto nas articulações e melhora o processo cardiorrespiratório.

Pedalada:
Outra atividade que pode ser feita tanto na academia quanto ao ar livre. Pedalar, além de emagrecer e fortalecer os músculos inferiores, também contribui para o melhor funcionamento dos pulmões, coração, regula os níveis de pressão arterial, colesterol e triglicérides.

Viu como tem opção para todo mundo? Então não tem desculpa de que falta tempo ou dinheiro para pagar uma academia. Basta ter força de vontade para melhorar a sua qualidade de vida.
Pratique pelo menos 150 minutos de atividade na semana e vá variando os exercícios, para não ficar entediado.

Até a próxima.

A saúde do seu coração também passa pela mesa

saudavel-ano-todo

Quando alguém fala que ‘você é o que você come’, pode acreditar, pois é verdade. E se você quer ter uma vida mais saudável, sem correr o risco de desenvolver alguma doença cardíaca, veja abaixo quais alimentos cortar da sua dieta:

Legumes enlatados:
Parece saudável, mas não é. Legumes – e outros alimentos enlatados – possuem alto teor de conservantes e sódio. E você já sabe o que o excesso dele faz ao seu coração, né? Hipertensão na certa.
Se mesmo assim o consumo for inevitável, procure sempre pelas opções com menos sal e enxague os alimentos muito bem em água corrente.

Frios e embutidos:
Salsicha, presunto, salame e até mesmo o peito de peru (sim, aquele que você usa pra substituir o presunto, por achar que ele é mais saudável) também são ricos em sal e sódio. Dê sempre preferência aos alimentos mais in natura possível.

Comidas congeladas:
Sim, elas são práticas, mas se você tirar um minutinho para ler a tabela nutricional daquela lasanha congelada vai perceber que não tem nada de bom nela. Conservantes, sódio, ingredientes artificiais… seu corpo não precisa de nada disso!
Minha recomendação é que você tire um tempinho do seu dia para preparar suas próprias refeições. Com calma, com carinho, usando ingredientes frescos…

Margarina:
Esqueça a margarina como substituta da manteiga. Ela é feita com óleos parcialmente hidrogenados, fonte de gordura trans, altamente prejudicial para sua saúde.

Refrigerante:
Ele é rico em açúcar, conservantes, sódio entre outros elementos altamente artificiais que só vão te fazer mal. Opte por sucos naturais, chá gelado (natural também, nada do industrializado) ou, porque não, a boa e velha água.

Proteínas:
Calma! As proteínas magras como frango e peixe podem – e devem – fazer parte da sua dieta. Mas cuidado na hora de prepara-la. Manter a pele e fritar o alimento eleva o nível de colesterol. Ou seja, não adianta nada.

Saladas:
A mesma coisa aqui. Uma dieta balanceada precisa ter saladas de folhas, legumes etc. Mas de nada adianta se você usa molhos industrializados ou despeja meio saleiro para temperar os ingredientes.
Procure usar ervas frescas para garantir sabor e saúde.

Viu como para tudo tem uma opção mais saudável?

Compartilhe esse post e até a próxima.

Cuidados com a pele que você deve ter durante a primavera
Beautiful young woman washing her face

Beautiful young woman washing her face

Cuidar da sua pele – tanto a do rosto quanto a do restante do corpo – é um hábito que deve ser cultivado o ano inteiro. Inclusive durante a primavera.
Veja algumas dicas que eu separei e aproveite a estação mais florida do ano.

Limpeza:
Imagine só. Você acorda, se arruma para o trabalho, passa uma maquiagem no rosto. Ou não. Fica o dia todo na rua, sua, anda de metrô, ônibus, a pé… já parou para pensar na quantidade de impurezas que se acumularam nos seus poros durante esse tempo? Por isso, ao chegar em casa, a primeira coisa a se fazer é limpar o rosto com um sabonete específico para essa área do corpo e que tenha a formulação certa para o seu tipo de pele.
A temperatura da água também deve estar sempre fria e esqueça o uso das buchas, ok?

Hidratação:
É até redundante uma dermatologista como eu falar sobre a importância de hidratar a pele. Mas já que estamos aqui, vamos lá.
Para uma hidratação externa, regule o seu chuveiro para uma temperatura mais branda. Ou seja, nem muito quente, nem muito fria. Use sabonetes neutros ou aqueles recomendados pelo profissional da sua confiança. E nada de ficar muito tempo debaixo da água, ok? Depois do banho, não deixe de usar loções e cremes indicados pelo seu dermatologista.
Aqui também vale aquela diquinha de ouro: beba água! Já fiz um post aqui falando sobre a importância desse líquido sagrado, mas é sempre bom lembrar. A água influencia muito na saúde e hidratação da sua pele. Ao menos 2l por dia.

Protetor solar:
Olha aqui outra informação ‘mais do mesmo’. Seja no outono, no inverno, na neve, na praia ou cidade, você nunca deve deixar de passar protetor solar.
Na primavera, procure lavar o rosto pelo menos duas vezes ao dia e reaplicar o protetor solar logo após essas lavagens. Fique de olho e não use qualquer produto. Consulte um dermatologista para que ele possa recomendar qual o protetor mais adequado à sua pele.

Até a próxima.

Saiba mais sobre a melasma

manchas-na-pele-quando-o-melasma-ou-cloasma-afetam-sua-pele1-676x288

Sabe aquelas manchas amarronzadas que surgem em lugares como bochechas, testa e buço? Então, elas são chamadas de melasma e é sobre isso que irei falar hoje.

Como surge o melasma?
O melasma é uma alteração da pele que pode ser causada por uma tendência genética. Nesses casos, as manchas ocorrem devido a alterações hormonais, formação de vasos sanguíneos ou pós processos irritativos.
Outros fatores que também podem influenciar o surgimento do melasma – nesse caso específico, as mulheres – são:
– exposição excessiva ao sol
– durante a gravidez
– uso de anticoncepcionais

O melasma tem cura?
Não, o melasma não tem cura. Porém, tem tratamento. E ele pode ser feito através de cremes contendo substâncias clareadoras além de filtros solares potentes. Aqui, vale um lembrete: não existe nenhum bloqueador capaz de proteger 100% dos raios. Por isso, quem tem melasma costuma também complementar o tratamento com filtros solares via oral.
Outra coisa que ajuda bastante é a ingestão de vitaminas C e E, pois elas são antioxidantes.

Quem tem melasma por tendência genética, precisa saber que vai usar cremes clareadores pelo resto da vida, uma vez que é quase certo de que a pele, mesmo depois de clareada, manchará novamente.

Como prevenir o melasma?
Algumas atitudes simples podem amenizar as manchas. Veja quais são algumas delas:
– Use filtro solar todos os dias, independente se faz frio ou calor. E não se esqueça de reaplica-lo a cada duas horas caso esteja na praia ou em alguma situação em que vai se expor muito ao sol.
– Evite tomar sol entre 9 e 16 horas, que é o horário em que há maior incidência de raios
– Em dias muito quentes, resfrie a pele. Pode ser com água termal ou mesmo da torneira
– Complemente a proteção do filtro solar com o uso de chapéu
– Caso esteja com a pele irritada ou fazendo uso de algum creme clareador, fuja do sol!

Sempre bom lembrar que antes de qualquer coisa, você deve consultar o seu dermatologista de confiança para que ele possa analisar o seu caso e indicar qual o melhor tratamento, ok?

Até a próxima.

Novembro Azul e os sintomas do câncer de próstata

novembro-azul-1

Aproveitando que esse é o mês da conscientização sobre o câncer de próstata, hoje quero falar um pouco sobre a doença e seus sintomas.

Retirei alguns dados estatísticos que foram publicados pela American Cancer Society no começo do ano e pelo INCA (Instituto Nacional do Câncer), acompanhem:
– Cerca de 1 em cada 7 homens será diagnosticado com câncer de próstata durante a vida
– 6 entre 10 casos surgem em homens com mais de 65 anos, sendo a média de idade no momento do diagnóstico de 66 anos
– O câncer de próstata é a terceira causa de morte por câncer entre os homens. Isso significa que cerca de 1 homem entre 39 morrerá de câncer
Preocupante, não é mesmo? Por isso, é o que eu sempre digo. Fique atento aos sinais. O câncer de próstata se manifesta através dos seguintes sintomas:
– Micção frequente
– Disfunção erétil
– Dor no quadril, coxas e costas
– Fraqueza ou dormência nos pés
– Sangue na urina ou no sêmen
– Fluxo urinário fraco

Portanto, se sentir qualquer um desses sintomas, não deixe de consultar o seu médico. Faça exames de PSA no sangue regularmente e ultrassom de próstata e nada de fugir do exame de toque. Você não deixará de ser menos homem que isso e nem vai afetar sua masculinidade.

O câncer de próstata se detectado logo no início tem grandes chances de tratamento e cura e a taxa de sobrevida pode ser alta, dependendo do seu estilo de vida.

Não deixe de alertar seus parentes, amigos e colegas de trabalho e até a próxima.

Saiba tudo sobre peeling facial

Peeling-de-Cristal-e-Diamante-21

Tenho percebido um aumento significativo na procura de procedimentos estéticos. Por isso, resolvi falar um pouco sobre um dos vários que existem no mercado. O peeling químico facial

O peeling químico facial é feito através da aplicação de ácidos sobre a pele. Esse ácido retira todas aquelas camadas que já estão danificadas ou envelhecidas, facilitando assim o crescimento de uma camada mais lisa, e/ou mais clara e/ou com melhora de cicatrizes

Existem vários tipos de peeling. Vou explicá-los brevemente:

Peeling químico superficial
Esse tipo de peeling remove toda camada externa da pele e é bastante utilizado para clarear manchas e amenizar marcas de acne e rugas superficiais.

Peeling químico médio
Aqui, o dermatologista usa ácidos que removem a camada externa e também a camada média da pele. Esse tipo de peeling é ideal para tratar acne e rugas mais profundas.

Peeling químico profundo
Os ácidos aqui utilizados removem todas as camadas da pele até o nível mais interno. Esse tratamento é indicado para casos de peles danificadas pelo sol e cicatrizes de acnes e acidentes.

O tratamento de peeling facial pode ser aplicado no rosto (claro), mas também em mãos e pescoço. Isso varia conforme o tipo de peeling utilizado.
Se você quer reduzir cicatrizes, marcas de sol, amenizar rugas e linhas de expressão, então talvez o peeling seja um dos tratamentos mais indicados.

Mas é claro: não deixe de consultar o seu dermatologista de confiança para que ele – e somente ele – indique qual o melhor tratamento para o seu caso.
Até a próxima.

Saiba por que você deve usar filtro solar mesmo em ambientes fechados

proteor11

Olá. Em Dezembro eu perguntei lá na minha fanpage sobre quais temas vocês gostariam que eu escrevesse. E hoje, vou começar com a sugestão da Thelma Pessi. Ela pediu para explicar porque devemos usar filtro solar mesmo em ambientes fechados.

Parece meio surreal? Parece… mas se continuar lendo, vai entender porque você nunca deve descuidar da proteção:
– A luz visível, natural ou não, também pode acelerar o envelhecimento da pele

– Mesmo em ambientes fechados, a luz pode aumentar o risco de manchas, fotoenvelhecimento, queimaduras e a piora de algumas dermatoses fotoinduzidas

– A luz fluorescente e aquelas emitidas pela tela do computador e televisão é capaz de atravessar o vidro e penetrar na pele

– Pessoas que ficam expostas à grande luminosidade aumentam o risco de desenvolver manchas e acelerar o processo de envelhecimento da pele

– Sim. Mesmo dentro do escritório, os raios UVA e UVB do lado de fora penetram no ambiente interno através das janelas e vidros

– 8 horas de exposição à luz artificial equivale a 1 minuto e 20 segundos de exposição ao sol. Considerando que os danos são cumulativos, no final das contas será o mesmo que ficar 5 horas e 48 minutos debaixo do sol

Viu como é importante estar protegido mesmo dentro do escritório? Consulte seu dermatologista para que ele possa te indicar qual o melhor filtro solar para o seu caso e até a próxima.

Tipos de peeling - Parte 1

Olá pessoal. Dando continuidade às sugestões dos seguidores da fanpage, hoje é dia de falar sobre tipos de peeling e como evitar manchas de pele. Quem deu a ideia desse tema foi a Daniele Sales.

No post de hoje, falarei um pouco sobre os tipos de peeling e suas profundidades. No próximo post, falarei sobre os peelings faciais, ok?

Vou começar explicando o que é o peeling. O peeling é um procedimento estético indicado para várias finalidades como redução das manchas de pele, envelhecimento, tratamento de cicatrizes de acne, redução de oleosidade, acne inflamada entre outros.

Existem 3 tipos de peelings e de profundidade do mesmo.
São eles:
Peeling químico
Feito através da aplicação de um ou mais ácidos.

Peeling mecânico
Quando o procedimento é feito através de aparelhos de microdermobrasão ou lixas com ponta de diamante

Peeling físico
Quando é feito com equipamento à laser.

Já sobre as profundidades do peeling, são elas:
Peeling superficial
Indicado para manchas leves, sardas e poros dilatados

Peeling médio
Indicado para manchas, cicatrizes de acne, rugas finas e pele envelhecida pelo sol

Peeling profundo
Ideal para peles envelhecidas e com muitas manchas de cicatrizes e acne

Como sempre gosto de lembrar, você deve consultar seu dermatologista antes de optar por algum tratamento para você, ok?

No próximo post, falarei sobre peelings faciais e como evitar manchas.

Até.

Aprenda a evitar manchas no rosto.

Olá. Dando continuidade a mais uma sugestão de um dos seguidores da minha fanpage. A Daniele Sales pediu para que eu escrevesse um pouco sobre os tipos de peelings e esses textos você pode conferir aqui e aqui. Além disso, ela também pediu dicas de como evitar manchas no rosto e é sobre isso que irei falar hoje.

Antes de mais nada, fique sabendo que o sol a-do-ra deixar manchas na pele. Portanto, cuidado redobrado agora no verão.
Minha primeira dica é: use filtro solar! É a dica mais batida do mundo, mas vou insistir nessa tecla até vocês cansarem, rs. ‘Mas doutora, o dia tá nublado, precisa passar mesmo assim?’ Precisa! Inclusive, se for ficar o dia todo dentro de um ambiente fechado também tem que passar. Fiz um post a respeito disso aqui.
Converse com seu dermatologista para que ele possa indicar um produto que se adeque ao seu tipo de pele e não se esqueça de reaplica-lo a cada 3 horas. No caso de estar na praia/piscina, os cuidados devem redobrar e o filtro aplicado sempre depois de se molhar.

Outra dica boa é: caso esteja fazendo uso de algum creme à base de ácido, converse com seu dermatologista sobre uma eventual mudança de prescrição durante o verão.

Óculos de sol, chapéu, boné, sombrinha podem atuar como barreiras de proteção física bastante eficazes na luta contra as terríveis manchinhas.

Se estiver de férias na praia, escolha os horários certos para curtir o mar. Antes das 10 da manhã e depois das 16:00 são os períodos ideais. Aproveite os dias mais longos que o horário de verão nos proporciona para cuidar da sua pele.

Minha última dica é fazer compressas frias de camomila no rosto durante 10 minutos. Essa erva ajuda a ‘acalmar’ a pele depois de ser exposta ao sol.

Essas são algumas dicas básicas, ok? Nada disso exclui um bate papo com o seu dermatologista.

Fiquem de olho por aqui, pois tem sempre novidades e conteúdos bacanas.
Até a próxima.

Aprenda o que são manchas senis e como evita-las

Você se lembra das mãos da sua avó? Com a pele já mais enrugadinha e pequenos ‘pontinhos’ um pouco mais escuros que a cor da pele natural. Esses pontinhos na verdade são melanose solar, ou mais popularmente conhecido como manchas senis. E é sobre isso que irei falar a seguir.

Um dos mitos sobre as manchas senis é que elas surgem por conta da idade avançada. Isso não é verdade. O que acontece é que elas são reflexo de excesso de sol na pele ao longo dos anos. Esse dano induz o aumento do número de melancócitos (célula que produz o pigmento que dá cor à pele) produzindo assim mais melanina e escurecendo a pele. Como as consequências da ação do sol só aparecem com o passar dos anos, a melanose solar fica mais evidente em pessoas de mais idade.

As manchas senis surgem em áreas do corpo que estão constantemente expostas aos raios solares ao longo da vida: dorso das mãos, colo, rosto, ombros e braços. Por isso, a melhor maneira de prevenir que elas surjam é usar o bom, velho e infalível filtro solar e evitar tomar sol das 10h às 16h.

Existem diversos tratamentos que ajudam a clarear essas manchas. Peelings de diamante, LIP (luz intensa pulsada), laser. Lembrando que o único profissional que está apto a dar um diagnóstico completo e decidir qual o melhor procedimento, é o seu dermatologista de confiança. Outra coisa super importante: as manchas senis podem ser lesões malignas ou pré malignas, por isso não deixe de consultar o seu profissional de confiança, ok?

Até a próxima.